Além de contribuir para a segurança dos usuários da rodovia, dispositivos seguem recomendações do Contran 

 Prezando pela promoção de ainda mais segurança dos usuários que utilizam a BR-101 Sul, a CCR ViaCosteira implantou ao longo do trecho aproximadamente 40 mil novas tachas refletivas. A ação faz parte dos trabalhos iniciais de melhorias previstos no contrato de concessão federal em Santa Catarina.

A tacha, conhecido por "olho de gato", é um elemento de sinalização viária fixado no pavimento como complemento da sinalização horizontal. Ele pode ser composto por um refletivo (monodirecional), dois refletivos (bidirecional) e até sem refletivo (cego). Dessa forma, auxiliam na orientação dos usuários em momentos de baixa visibilidade como chuvas, neblina e até mesmo à noite, delimitando as faixas da pista e do acostamento. Também podem ser implantados em locais onde o tráfego de veículos não é permitido, como áreas zebradas.

Essas tachas também estão sendo implantas em todos os acessos de entrada para a via principal, juntamente com as marcas viárias, o que aumenta de forma significativa, a orientação e segurança para a integração do tráfego urbano com o rodoviário. O projeto de sinalização implantado pela empresa cumpre obrigações contratuais descritas no Programa de Exploração da Rodovia, e atende as recomendações do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Além disso, foram instalados também 13 mil metros de telas antiofuscantes nas divisórias de pistas sobre barreiras de concreto, que tem o mesmo objetivo de diminuir o impacto da luz do farol dos veículos em fluxo oposto, aumentando a visibilidade e, por consequência, a segurança.

Outro importante reforço para a segurança na via, são os mais de 80 mil elementos retrorefletivos já instalados em barreiras de concreto e defensas metálicas localizadas nas laterais e nas divisões das pistas ao longo da via entre Paulo Lopes e Passo de Torres. Todos esses elementos servem para promover a visibilidade dos dispositivos de segurança, delineando as defensas e delimitando o perímetro viário, principalmente à noite, garantindo que o motorista consiga visualizar melhor a rodovia. Nas pistas, a CCR ViaCosteira também já realizou a pintura de faixa em mais de 500 km de pistas, além da instalação de 3 mil novas placas de sinalização.

Lembrando que esses itens e ações, que fazem parte dos trabalhos iniciais previstos em contrato assinado com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e no PER (Programa de Exploração Rodoviária), são realizados a fim de melhorar a trafegabilidade e promover a segurança de quem passa pelo trecho concedido. Dessa forma, toda a sinalização implantada na rodovia segue rigorosamente as exigências previstas no contrato de concessão. A implantação de tachas, por exemplo, é norma recomendada pelo Contran.

Importante destacar também que a CCR ViaCosteira está atenta ao fluxo de veículos, por isso todos os serviços e obras ainda em andamento são realizados em horários que causam o menor impacto possível. Todas as interferências realizadas na rodovia estão previstas nos trabalhos iniciais, conforme prevê contrato de concessão, e as obras estão devidamente sinalizadas e podem ocorrer também durante a noite. Tanto os locais, quanto os horários são acordados com a ANTT e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).