Movimento nas rodovias paulistas durante o feriado será maior na tarde de sexta e manhã de sábado

O movimentonas rodovias paulistas que dão acesso ao Litoral e Interior a partir da RegiãoMetropolitana de São Paulo deve se intensificar a partir do início da tarde desexta-feira (dia 9), em razão do fim de semana prolongado pelo feriado de NossaSenhora Aparecida. A previsão é de que o tráfego seja intenso até a noite, masem alguns casos o volume deve permanecer alto até o início da madrugada, comono Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). As concessionárias de rodovias paulistas implantarãooperações especiais para garantir mais conforto, segurança e agilidade aosusuários que vão viajar. No sábado (dia 10), o movimento volta a ficar intensoa partir das 7h em algumas das rodovias.

Duranteo feriado, mais de 2,5 milhões de veículos devem circular pelas rodoviasconcedidas paulistas que têm acesso à Região Metropolitana de São Paulo. AARTESP (Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo) alerta sobreos cuidados em caso de neblina. O período de maior incidência de neblina játerminou, mas em algumas regiões do Estado de São Paulo, o fenômeno climáticoainda tem sido observado com certa frequência, como por exemplo, no SistemaAnchieta-Imigrantes. Quando a visibilidade for prejudicada, o motorista deve reduzir gradualmente a velocidade e manteraceso o farol baixo – tanto de dia quanto à noite. Nunca deve parar na pista ouligar o pisca alerta com o veículo em movimento.

Emtodas as rodovias haverá reforço no monitoramento, operação emanutenção dos equipamentos operacionais das rodovias, como call box, câmeras de TV, painéis demensagem, veículos operacionais e em pessoal. Também está previsto o aumento nonúmero de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais em geral, além da implantaçãoda operação “papa-fila” nos pedágios para agilizar a passagem nas cabines decobrança manual, quando necessário. Os sites das concessionárias terãodisponíveis, em tempo real, as condições de tráfego do trecho administrado darodovia.

LITORAL. No Sistema Anchieta-Imigrantes, de 240mil a 370 mil veículos devem seguir viagem para a Baixada Santista no fim desemana prolongado. Para garantir a fluidez do tráfego ea segurança dos motoristas, a concessionária deverá implantar operaçõesespeciais durante os períodos de pico tanto em direção à Baixada Santista comodurante o retorno à Capital Paulista. Na sexta-feira, 9, a partir das 15h, seráimplantada a Operação Descida, com as duas pistas da Anchieta e a pista nova daImigrantes operando no sentido litoral. Durante essa operação, a subida dosmotoristas para São Paulo será feita somente pela pista norte da rodovia dosImigrantes. A operação será mantida até às 2h de sábado.

Na manhã de sábado, a operação voltaa ser implantada às 8h e fica em vigor até às 20h. No domingo, também háprevisão de implantação da Operação Descida, das 9h às 15h. Na tarde de domingo,para facilitar tanto a descida ao Litoral Paulista como o retorno a São Paulo,às 16h será implantada a chamada Operação Descida Anchieta. Nesse período, osmotoristas que vão em direção a Baixada Santista terão como opção as duaspistas da rodovia Anchieta. Já os motoristas que com destino à Capital Paulistapoderão utilizar as duas pistas da rodovia dos Imigrantes. A operação seráfinalizada às 21h. Na segunda-feira (12), o movimento em direção à Capital devese intensificar já no início da manhã, às 11h, quando será implantada aOperação Subida, com as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchietafuncionando no sentido São Paulo. Nessa operação, a descida dos usuários para oLitoral Paulista acontecerá somente pela Anchieta. O retorno para a operaçãonormal está previsto para as 2h de terça-feira.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, onde a ocorrência de neblina émais frequente, a concessionária Ecovias e a Polícia Militar Rodoviária podem realizara Operação Comboio, ação na qual os carros que seguem sentido litoral sãorepresados nas praças de pedágio (km 31 da Anchieta e km 32 da Imigrantes)sempre que a visibilidade dos motoristas fica abaixo de 100 metros. Os veículossaem escoltados por viaturas da Polícia Rodoviária e da concessionária a umavelocidade máxima de 40 km/h como medida de segurança.

A estimativa é que até 760 mil veículos passem pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto das 0h desexta-feira às 23h59 da segunda-feira. A concessionária Ecopistas estima que oshorários de pico para o motorista que seguirá para a região do Vale do Paraíbae Litoral Norte sejam entre 16h e 18h de sexta-feira e entre 10h e 12h desábado. Considerando somente o movimento esperado para a praça de pedágio deItaquaquecetuba, no sentido interior da rodovia Ayrton Senna, a expectativa éde que entre 119 e 179 mil veículos deixem a capital.

Nos períodos de maior movimento no sentido litoral e interior, aEcopistas poderá implantar a Operação Faixa Reversível, na qual os condutoresque se dirigem à cidade de Campos do Jordão e ao sul de Minas Gerais terão umafaixa exclusiva para trafegar, entre o km 128 e o km 130 da rodovia CarvalhoPinto. A faixa da esquerda da pista que opera em direção a São Paulo terá seusentido invertido e servirá como mais uma opção aos motoristas. A velocidademáxima permitida nesta faixa será de 80 km/h.

Na Rodovia dos Tamoios cercade 90 mil veículos devem utilizar as pistas rumo ao Litoral Norte durante o fimde semana prolongado. A operação especial terá início na sexta-feira, a partirdas 13h, com a implantação de uma faixa adicional, sinalizada por balizadores,para a pista de descida no trecho de Serra (do km 68 ao km 81). A medida visaaumentar a capacidade de fluxo da rodovia, com a disponibilização de duasfaixas de rolamento em todo o trajeto na pista sentido litoral. Aconcessionária que administra a rodovia prevê aumento no fluxo de veículosentre 16h e 22h de sexta-feira e entre 8h e 14h de sábado. Para o retorno doferiado o pico do trânsito deve ocorrer entre 12h e 22h de segunda-feira.

INTERIOR. A previsão é que até 700 mil veículos passempelo Sistema Anhanguera-Bandeirantes. Para sexta-feira o tráfegoserá mais intenso entre 14h e 20h, enquanto no sábado a expectativa demovimento intenso é entre 9h e 14h. Para a viagem de retorno, o período demaior movimento será entre 13h e 23h de segunda-feira. A concessionária Autobanirá implantar a Operação Caminhão. Nodomingo (11) e na segunda-feira (12), das 14 às 22 horas, os caminhões que sedestinam à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes devem utilizar a ViaAnhanguera no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando arodovia pela Saída 48 da Bandeirantes. O objetivo do desvio é melhorar adistribuição do tráfego. A concessionária prestará apoio à fiscalização feitapela Polícia Militar Rodoviária.

O Sistema Castello Branco-RaposoTavares deve receber 520 mil veículos durante o fim de semana prolongado. Aconcessionária ViaOeste espera aumento no tráfego a partir das 15h desexta-feira, com movimento intenso até às 21h. No sábado o tráfego deve serintenso entre 7h e 14h. Para o retorno à Capital, a previsão é de fluxo intensoentre às 14h e 19h.

BOLETINS DE ÁUDIO. No portal da ARTESP (www.artesp.sp.gov.br) os motoristas ejornalistas encontrarão o serviço da Agência com boletins sonoros sobre ascondições de trânsito nas rodovias. Eventuais desvios, acidentes, interdições esituações que demandem atenção especial serão noticiadas no

Quarta faixa da Free Way reduz em 27% os óbitos em...