CCR MSVia inicia operação assistida nos postos de cobrança na BR-163/MS

Teve início à zero hora desta sexta-feira (04/09) a Operação Assistida da CCR MSVia nos nove postos de cobrança instalados ao longo dos 845,4 quilômetros da BR-163/MS. A Resolução ANTT nº 4286, que aprova a revisão e o reajuste da tarifa foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) e tem por objetivo esclarecer e acostumar os usuários da rodovia a pararem nas cabines. Durante 10 dias, os veículos que passarem pelas praças de arrecadação param nas cabines, mas não pagam tarifa.

Para auxiliar na divulgação da Operação Assistida aos motoristas, foram afixadas faixas em pontos estratégicos da rodovia. Além disso, os Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis (PMVs) exibem mensagens informativas. Nas cabines, os usuários recebem um folheto informando sobre a cobrança.

Cerca de 240 colaboradores contratados em Mato Grosso do Sul foram especialmente treinados nos núcleos de aprendizagem instalados pela CCR MSVia nos municípios de Rio Verde de Mato Grosso, Campo Grande e Naviraí. Eles atuarão dos noves postos de arrecadação, trabalhando em regime de escala.

Os postos de cobrança estão instalados nos seguintes locais: P1 – Mundo Novo (km 28,2); P2 – Itaquiraí (km 113,2); P3 – Caarapó (km 227,9); P4 – Rio Brilhante (km 313,7)

P5 – Campo Grande (km 432,1); P6 – Jaraguari (km 533,8); P7 – São Gabriel do Oeste (km 603,4); P8 – Rio Verde de Mato Grosso (km 703,5) e P9 – Pedro Gomes (km 817,8).

Segundo a CCR MSVia, a operação de cobrança terá início à zero hora do dia 14/09 (meia noite do dia 13), conforme determinação da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), a ser publicada na edição desta sexta do Diário Oficial da União (DOU). A tarifa básica para cada 100 quilômetros é de R$ 0,06488.

Duplicação

O longo do mês de agosto, a CCR MSVia entregou ao tráfego os 10 primeiros trechos de duplicação, que totalizam cerca de 90 quilômetros de extensão, atendendo à exigência contratual de concluir pelo menos 10% de duplicação da rodovia. As novas pistas duplicadas contam com duas faixas de rolamento com 3,60 metros de largura, cada, mais acostamento com 2,50 metros de largura, cada, e faixa de segurança à esquerda, de 60 centímetros. O canteiro central que separa a nova pista da pista antiga conta com gramado.

Investimentos

Após 16 meses do início das atividades na BR-163/MS, a CCR MSVia já injetou mais de R$ 730 milhões em obras, serviços, equipamentos e mão de obra, que proporcionaram ao usuário da rodovia melhores condições de trafegabilidade e segurança. Nos primeiros cinco anos da concessão serão gastos cerca de R$ 3,5 bilhões.

Atendimento

Iniciada em outubro de 2014, a operação do SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário, já realizou mais de 110 mil atendimentos, atuando 24 horas por dia, sete dias por semana. 17 Bases Operacionais e uma equipe de cerca de 500 colaboradores estão à disposição dos usuários. O Serviço conta com cerca de 80 viaturas, entre elas 12 ambulâncias-resgate, 05 unidades móveis de terapia intensiva, 04 VIRs (Viaturas Médicas de Intervenção Rápida), 08 guinchos pesados, 17 guinchos leves, 19 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço.

Valor das tarifas por praça:

Praça de Pedágio 1: Mundo Novo

Número de Eixos

Quarta faixa da Free Way reduz em 27% os óbitos em...

Categoria de Veículo

Tipo de Veículo

Número de Eixos

Rodagem

Multiplicador da Tarifa

Valores a serem Praticados

1

Automóvel, caminhonete e
furgão

2

Simples

1,0

4,70

2

Caminhão leve, Ônibus, caminhão-trator e furgão

2

Dupla

2,0

9,40

3

Automóvel e caminhonete com semirreboque

3

Simples

1,5

7,05

4

Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator com semirreboque e Ônibus

3

Dupla

3,0

14,10

Rodagem

Multiplicador da Tarifa

Valores a serem Praticados