Autopista Fluminense implanta faixa reversível para Operação Carnaval

A Operação Especial de Tráfego promovida pela Autopista Fluminense para o recesso do Carnaval começa nesta quarta-feira (3) e segue até o dia 16 de fevereiro. Os usuários contarão com uma faixa reversível para facilitar o deslocamento dos usuários em direção à Região dos Lagos e ao Norte Fluminense. A faixa ficará em operação nos dias 5 e 6 de fevereiro (sexta e sábado), durante o período diurno, a partir da praça de pedágio de São Gonçalo (km 299) até o km 291, em Itaboraí.

A Autopista Fluminense, empresa do grupo Arteris responsável pela administração da BR-101 RJ/Norte entre Niterói e a divisa com o Espírito Santo, realiza a Operação Carnaval todos os anos. Principal ligação da capital com o norte do Estado, a rodovia é caminho de que sai da cidade do Rio de Janeiro para a Região dos Lagos e litoral sul capixaba. Durante o período, a concessionária disponibilizará guinchos leves extras e terá reforço do efetivo para melhor atender os usuários. Painéis de mensagens variáveis (PMVs), 06 fixos e 10 móveis, informarão aos condutores as condições da rodovia.

A faixa reversível de 8 quilômetros será implantada com apoio da Polícia Rodoviária Federal. Os usuários trafegarão em três faixas de rolamento, em vez das duas atuais. No sentido Niterói, o tráfego será em mão dupla, a partir do km 291. Não serão permitidas manobras de retorno no trecho. A Polícia Rodoviária Federal fiscalizará o cumprimento das normas de trânsito. No retorno, não haverá faixa reversível na rodovia.

QUEM PODE ACESSAR A FAIXA REVERSÍVEL

QUEM NÃO PODE ACESSAR A FAIXA REVERSÍVEL

- Veículos leves (carros e vans)
- Usuários que irão acessar a Região dos Lagos, o Norte Fluminense (Rio Bonito, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Carapebus, Quissamã, Conceição de Macabu, Campos dos Goytacazes) e o Espírito Santo.

- Motocicletas

- Veículos pesados (ônibus, caminhões)

- Usuários que irão acessar a cidade de Itaboraí e a BR-493 (Manilha-Magé) sentido Magé, Teresópolis e Além Paraíba (MG).

A concessionária orienta os usuários a adotarem medidas de segurança, como fazer a revisão prévia no veículo e utilizar sempre o cinto de segurança em todos os bancos, além da cadeirinha infantil para o transporte de crianças. É importante também respeitar os limites de velocidade e programar paradas ao longo da viagem para descanso e alimentação.

Previsão de Tráfego

A expectativa da Autopista Fluminense é que 1,2 milhão de veículos trafeguem na BR-101 RJ/Norte durante o período de operação especial. Na saída para o carnaval, a expectativa de maior movimentação é para sexta-feira (5), com 111 mil veículos. No retorno, o pico esperado é para quarta-feira de cinzas (10), com 130 mil veículos.

  • Dia 03 de fevereiro (quarta-feira): 94 mil
  • Dia 04 de fevereiro (quinta-feira): 101 mil
  • Dia 05 de fevereiro (sexta-feira): 111 mil
  • Dia 06 de fevereiro (sábado): 103 mil
  • Dia 07 de fevereiro (domingo): 69 mil
  • Dia 08 de fevereiro (segunda-feira): 63 mil
  • Dia 09 de fevereiro (terça-feira): 95 mil
  • Dia 10 de fevereiro (quarta-feira): 130 mil
  • Dia 11 de fevereiro (quinta-feira): 112 mil
  • Dia 12 de fevereiro (sexta-feira): 100 mil
  • Dia 13 de fevereiro (sábado): 99 mil
  • Dia 14 de fevereiro (domingo): 94 mil
  • Dia 15 de fevereiro (segunda-feira): 88 mil
  • Dia 16 de fevereiro (terça-feira): 81 mil

DIAS E HORÁRIOS DE MAIOR MOVIMENTO NA RODOVIA

SAÍDA

3/2 (Quarta-feira) – 16h às 23h

4/2 (Quinta-feira) – 12h às 23h

5/2 (sexta-feira) – 6h às 23h

6/2 (sábado) – 0h às 18h

RETORNO

9/2 (Terça-feira) – 16h às 23h

10/2 (Quarta-feira) – 14h às 23h

11/2 (Quinta-feira) – 10h às 20h

12/2 (Sexta-feira) – 10h às 19h

14/2 (Domingo) – 15h às 21h

Obras

Em virtude da Operação Carnaval, as obras que exigem interdições de faixas de rolamento serão suspensas, mas equipes permanecerão de prontidão para obras emergenciais.

Sinalização especial

A Autopista Fluminense desenvolveu esquemas de sinalização para o período, que serão implantados em locais estratégicos da via com o objetivo de garantir a fluidez do tráfego e a redução do risco de acidentes.

  • Campos dos Goytacazes: Os usuários devem redobrar a atenção no km 101, km 110 e km 113. Os trechos estão sob sinalização especial de tráfego por conta de retornos operacionais provisórios, obras para implantação de trevo em desnível (viadutos), duplicação e correção de traçado da rodovia.
  • Itaboraí: O Trevo de Manilha conta com um novo conjunto de sinalização vertical, aérea e horizontal. Foram implantadas linhas de defensa metálica no entroncamento entre a BR-101 e a BR-493, na pista sentido Niterói, e a BR-101 e a RJ-104, na pista sentido Espírito Santo, evitando assim o entrelaçamento de veículo existente e os acidentes de baixa periculosidade na região, que ocasionam interrupções temporárias de faixas de rolamento para atendimento às ocorrências.
  • Rio Bonito: No retorno, equipes da Autopista Fluminense sinalizarão o km 262, no entroncamento com a RJ-124 (Via Lagos), para ordenar o acesso à BR 101.

Equipamentos operacionais

Para o período, todo o efetivo para o atendimento médico e mecânico da Autopista Fluminense estará à disposição dos usuários. Uma equipe com mais de 200 profissionais atenderá a demanda do período. Guinchos leves e pesados, veículos de inspeção, caminhão de combate a incêndio, equipe e viaturas de apreensão de animais e 11 novas ambulâncias, sendo 7 unidades de resgates e 4 UTIs, serão colocadas à disposição no serviço de atendimento ao usuário no trecho sob concessão. Sete bases o peracionais estão à disposição dos usuários ao longo do trecho.

O Centro de Controle Operacional (CCO) da Autopista Fluminense é o responsável pelo acompanhamento das 107 câmeras de monitoramento, via Circuito Fechado de TV (CFTV), que permitem mais agilidade ao acionamento dos recursos para atendimento das ocorrências. O sistema também auxilia a Polícia Rodovia Federal na fiscalização da rodovia, que já atua com a emissão de autos de infração e fla

Quarta faixa da Free Way reduz em 27% os óbitos em...