ÍNDICE ABCR

Referência Econômica

Em 2012, o índice ABCR foi incorporado ao cálculo do Produto Interno Bruto (PIB), pelo IBGE.

Em São Paulo, Índice ABCR cai 1,9 em dezembro

 

Em São Paulo, o fluxo total retraiu de 1,9% frente a novembro, em termos dessazonalizados. A queda de leves foi 2,7% e a de pesados, 0,1%.

 

Em relação ao mesmo período de 2019, o índice total decresceu 5,8%. O fluxo pedagiado de veículos leves apresentou queda de 9,3%, enquanto o fluxo de pesados subiu 8,5%.

 

O acumulado do ano, houve queda a de 14,9% do índice total, resultado decorrente da retração de 18,6% dos leves e queda de 1,7% de pesados.

Período

Leves

Pesados

Total

Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
12/2020 / 12/2019
-9,3%
8,5%
-5,8%
12/2020 / 11/2020 C/AJUSTE SAZONAL
-2,7%
-0,1%
-1,9%
Últimos 12 Meses
-17,7%
-2,2%
-14,2%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
-18,6%
-1,7%
-14,9%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Dezembro/20 sobre Dezembro/19
-9,3%
8,5%
-5,8%
Dezembro/20 sobre Novembro/20 C/ AJUSTE SAZONAL
-2,7%
-0,1%
-1,9%
Últimos doze meses
-17,7%
-2,2%
-14,2%
Acumulado no ano (Jan-Dez/20 sobre Jan-Dez/19)
-19,6%
-1,7%
-14,9%

Gráficos

No Paraná, índice ABCR cai 4,0% em dezembro

 

No Paraná o fluxo total de veículos pedagiados caiu 4,0% frente a novembro, em termos dessazonalizados, ditado pela queda de 10,3% do índice de leves e de 0,5% do índice de pesados

.

Em comparação com mesmo período de 2019, o índice total apresentou redução de 4,3%. O fluxo pedagiado de veículos leves caiu 10,1%, enquanto o fluxo de pesados apresentou aumento de 9,7%.

 

Nos últimos doze meses  o índice total caiu 5,6%, resultado determinado pela elevação de 3,9% de pesados e de queda de 11,5% de veículos leves.

Período

Leves

Pesados

Total

Indice ABCR
Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
12/2020 / 12/2019
-10,1%
9,7%
-4,3%
12/2020 / 11/2020 C/AJUSTE SAZONAL
-10,3%
-0,5%
-4,0%
Últimos 12 Meses
-10,1%
3,4%
-4,9%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
-11,5%
3,9%
-5,6%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Dezembro/20 sobre Dezembro/19
-10,1%
9,7%
-4,3%
Dezembro/20 sobre Novembro/20 c/ ajuste sazonal
-10,3%
-0,5%
-4,0%
Últimos doze meses
-10,1%
3,4%
-4,9%
Acumulado no ano (Jan-Dez/20 sobre Jan-Dez/19)
-11,5%
3,9%
-5,6%

Gráficos

Índice ABCR cai 13,1% em 2020

 

Retração em dezembro foi de 2,5%

 

São Paulo, 11 de janeiro de 2021 – Em dezembro de 2020, o Índice ABCR de atividade apresentou queda de 2,5% no comparativo com novembro de 2020, considerando os dados dessazonalizados. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias - ABCR juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

 

 

Considerando os dados dessazonalizados, dezembro caiu 4,8% em comparação com o mesmo período de 2019. O fluxo pedagiado de veículos leves registrou recuo de 8,3%, enquanto o fluxo de pesados evoluiu 8,3%.

 

O acumulado do ano registrou queda de 13,1% em 2020, com -16,9% em veículos leves e -1,1% em pesados.

 

“Em linhas gerais, os indicadores por tipos de veículos captaram, de diferente modo, o contexto adverso propiciado pela pandemia”, afirma Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria. “Indústria e comércio foram menos penalizados e se recuperaram de forma mais veloz durante o ano, favorecidos tanto pelas políticas de sustentação à renda como da menor demanda familiar por serviços, o que contribui para limitar as perdas de veículos pesados ligados ao transporte de cargas no último ano. Já as atividades de serviços foram mais severamente afetadas pelo contexto de isolamento social motivado pela pandemia, o que foi retratado na fragilizada dinâmica de leves durante o ano”.

 

“Em 2021, o avanço da campanha de vacinação em massa será elemento essencial para o reequilíbrio do cenário macroeconômico, em especial num contexto de retirada dos suportes fiscais e monetários voltados a minimizar os efeitos da pandemia sobre o balanço de famílias e empresas”, conclui.

Período

Leves

Pesados

Total

Dezembro/20 sobre Dezembro/19
-8,3%
8,3%
-4,8%
Dezembro/20 sobre Novembro/20 C/ AJUSTE SAZONAL
-3,3%
-0,6%
-2,5%
Últimos doze meses
-16,1%
-1,7%
-12,6%
Acumulado no ano (Jan-Nov/20 sobre Jan-Nov/19)
-16,9%
-1,1%
-13,1%
Agosto/19 sobre Agosto/18
Veiculos Leves
3,6%
Veiculos Pesados
0,0%
Total
2,6%
Agosto/19 sobre Julho/19 c/ ajuste sazonal
Veiculos Pesados
Veiculos Leves
1,2%
Veiculos Pesados
-0,7%
Total
0,2%
Últimos doze meses
Veículos Leves
2,3%
Veiculos Pesados
3,3%
Total
2,5%
Acumulado no ano (Jan-Ago/19 sobre Jan-Ago/18
Veiculos Leves
3,6%
Veiculos Pesados
4,3%
Total
3,7%
Indice ABCR
Índice ABCR

Índice ABCR cai 13,1% em 2020

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
12/2020 / 12/2020
-8,3%
8,3%
-4,8%
12/2020 / 11/2020 C/AJUSTE SAZONAL
-3,3%
-0,6%
-2,5%
Últimos 12 Meses
-16,1%
-1,7%
-12,6%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
-16,9%
-1,1%
-13,1%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%

Gráficos

No Rio de Janeiro, Índice ABCR cai 4,5% em dezembro

 

No Rio de Janeiro, o fluxo total caiu 4,5% comparado a novembro, em termos dessazonalizados. Houve queda de 3,3% no fluxo de veículos pesados e de 4,9% dos leves.

 

Na comparação com dezembro de 2019, o índice total registrou decréscimo de 6,6%. O fluxo de leves caiu 7,7% e o fluxo de pesados 0,7%, mantida a métrica de comparação.

 

Dessa forma, o índice total caiu 13,7% no ano, determinado pela queda conjunta de leves e pesados, os quais acumulam retração de 15% e 7,5%, respectivamente.

 

Período

Leves

Pesados

Total

Indice ABCR
Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
12/2020 / 12/2019
-10,1%
9,7%
-4,3%
12/2020 / 11/2020 C/AJUSTE SAZONAL
-10,3%
-0,5%
-4,0%
Últimos 12 Meses
-14,4%
-7,3%
-13,2%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
-11,5%
-3,9%
-5,6%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Dezembro/20 sobre Dezembro/19
-7,7%
-0,7%
-6,6%
Dezembro/20 sobre Novembro/20 c/ ajuste sazonal
-4,9%
-3,3%
-4,5%
Últimos doze meses
-14,4%
-7,3%
-13,2%
Acumulado no ano (Jan-Dez/20 sobre Jan-Dez/19)
-15,0%
-7,5%
-13,7%

Gráficos