ÍNDICE ABCR

Referência Econômica

Em 2012, o índice ABCR foi incorporado ao cálculo do Produto Interno Bruto (PIB), pelo IBGE.

Em São Paulo, índice ABCR cresce 2,2% em junho

 

Em São Paulo, o fluxo pedagiado de veículos aumentou 2,2% em junho na comparação com maio, em termos dessazonalizados. A desagregação entre leves e pesados apresentou variação de 2,0% e -0,3%, respectivamente.

 

Em relação ao mesmo período de 2020, o índice total subiu 22%. O fluxo pedagiado de veículos leves apresentou avanço de 26,6% e o de pesados de 10,8%.

           

Nos últimos doze meses o índice total acumula queda de 0,5%, fruto do decréscimo de 3,1% dos veículos leves e do avanço de 7,4% dos veículos pesados.

 

Assim, no acumulado do ano, o índice total subiu 11,4%, resultado determinado pelo crescimento de 10,8% em leves e de 13,1% de pesados neste período.

Período

Leves

Pesados

Total

Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
06/2021 / 06/2020
26,6%
10,8%
22,0%
06/2021 / 05/2021 C/AJUSTE SAZONAL
2,0%
-0,3%
2,2%
Últimos 12 Meses
-3,1%
7,4%
-0,5%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
10,8%
13,1%
11,4%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Junho/21 sobre Junho/20
26,6%
10,8%
22,0%
Junho/21 sobre Maio/21 C/ AJUSTE SAZONAL
2,0%
-0,3%
2,2%
Últimos doze meses
-3,1%
7,4%
-0,5%
Acumulado no ano (Jan-Jun/21 sobre Jan-Jun/20)
10,8%
13,1%
11,4%

Gráficos

No Paraná, índice ABCR sobe 0,1% em junho

 

No Paraná, o fluxo total de veículos pedagiados avançou 0,1% em relação a maio, em termos dessazonalizados, com alta de 1,9% no fluxo de veículos leves e queda de 1,4% dos pesados no período.

 

Na comparação com o mesmo período de 2020, o índice total apresentou aumento de 15,1%. O fluxo pedagiado de veículos leves cresceu 20,1% e o de pesados 9,5%.

           

Nos últimos doze meses o índice total acumula avanço de 1,2%, fruto da alta de 7,4% dos veículos pesados e queda de 2,7% dos veículos leves.

 

Dessa forma, o índice total registra aumento de 6,1% no ano, resultado determinado pelo crescimento em leves e pesados, com variação de 3,8% e 9,7%, respectivamente.

Período

Leves

Pesados

Total

Indice ABCR
Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
06/2021 / 06/2020
20,1%
9,5%
15,1%
06/2021 / 05/2021 C/AJUSTE SAZONAL
1,9%
-1,4%
0,1%
Últimos 12 Meses
-2,7%
7,4%
1,2%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
3,8%
9,7%
6,1%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Junho/21 sobre Junho/20
20,1%
9,5%
15,1%
Junho/21 sobre Maio/21 c/ ajuste sazonal
1,9%
-1,4%
0,1%
Últimos doze meses
-2,7%
7,4%
1,2%
Acumulado no ano (Jan-Jun/21 sobre Jan-Jun/20)
3,8%
9,7%
6,1%

Gráficos

Índice ABCR cresce 1,4% em junho

No acumulado em doze meses, o índice total avançou 0,8%, com aumento de 7,8%no fluxo de veículos pesados, mas redução de 1,6% dos veículos leves

 

São Paulo, 9 de julho de 2021 – O índice ABCR referente a junho de 2021 apresentou crescimento de 1,4% no comparativo com maio, considerando os dados dessazonalizados. O fluxo de veículos leves avançou 1,8%, enquanto o de pesados caiu 1,7%. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR, juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.  

 

Comparado ao mesmo período de 2020, o índice total avançou 22,1%. O fluxo pedagiado de veículos leves registrou subiu de 27,1%, enquanto o fluxo de pesados cresceu 11,2%.

 

Nos últimos doze meses, o índice total aumentou 0,8%, fruto da alta de 7,8% no fluxo de veículos pesados e da redução de 1,6% no de veículos leves.

 

Assim, no acumulado do ano, o índice total cresceu 11,8%, resultado determinado pela elevação de 13,3% na circulação de veículos pesados e de 11,2% de leves no período.

 

“Os dados referentes a junho ainda refletem a trajetória positiva para o fluxo de veículos leves diante da flexibilização de restrições à mobilidade. Já o fluxo de veículos pesado demonstrou ligeiro enfraquecimento neste mês, mas ainda mantendo patamar 7% acima da média observada em 2020”, afirma Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria.

 

“O setor de pesados tem enfrentado entraves, principalmente, relacionados a custos de produção e falta de insumos. Além disso, a movimentação de cargas também refletiu os efeitos negativos da menor safra de grãos, principalmente do milho (que apresentou arrefecimento em junho). Mas pela comparação anual, os números refletem cenário mais positivo para o fluxo total de veículos em 2021”, conclui.

Período

Leves

Pesados

Total

Junho/21 sobre Junho/20
27,1%
11,2%
22,1%
Junho/21 sobre Maio/21 C/ AJUSTE SAZONAL
1,8%
-1,7%
1,4%
Últimos doze meses
-1,6%
7,8%
0,8%
Acumulado no ano (Jan-Jun/21 sobre Jan-Jun/20)
11,2%
13,3%
11,8%
Agosto/19 sobre Agosto/18
Veiculos Leves
3,6%
Veiculos Pesados
0,0%
Total
2,6%
Agosto/19 sobre Julho/19 c/ ajuste sazonal
Veiculos Pesados
Veiculos Leves
1,2%
Veiculos Pesados
-0,7%
Total
0,2%
Últimos doze meses
Veículos Leves
2,3%
Veiculos Pesados
3,3%
Total
2,5%
Acumulado no ano (Jan-Ago/19 sobre Jan-Ago/18
Veiculos Leves
3,6%
Veiculos Pesados
4,3%
Total
3,7%
Indice ABCR
Índice ABCR

Índice ABCR cresce 1,4% em junho

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
06/2021 / 06/2020
27,1%
11,2%
22,1%
06/2021 / 05/2021 C/AJUSTE SAZONAL
1,8%
-1,7%
1,4%
Últimos 12 Meses
-1,6%
7,8%
0,8%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
11,2%
13,3%
11,8%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%

Gráficos

No Rio de Janeiro, índice ABCR sobe 0,1% em junho

 

No Rio de Janeiro, o fluxo total de veículos pedagiados subiu 0,1% comparado a maio, em termos dessazonalizados. O resultado decorreu do crescimento de 0,5% no fluxo de veículos pesados e de 1,1% dos leves.

 

Na comparação com junho de 2020, o índice total registrou avanço de 29,7%. O fluxo de leves aumentou 33,1% e o de pesados 15,7%, mantida a métrica de comparação.

 

Nos últimos doze meses, o índice total acumula alta de 4,5%, composta pelo avanço de 3,8% dos veículos pesados e de 4,7% em veículos leves.

 

Assim, no acumulado do ano, o índice total teve crescimento de 18,6%, resultado determinado pelo acréscimo de 11,9% de pesados e de 20,1% de leves neste período.

Período

Leves

Pesados

Total

Indice ABCR
Índice ABCR

 

Período

Leves

Pesados

Total

Leves

Pesados

Total

08/2019 / 08/2018
3,6%
0,0%
2,6%
06/2021 / 06/2020
33,1%
15,7%
29,7%
06/2021 / 05/2021 C/AJUSTE SAZONAL
1,1%
0,5%
0,1%
Últimos 12 Meses
4,7%
3,8%
4,5%
08/2019 / 07/2019 c/ ajuste sazonal
1,2%
-0,7%
0,2%
Últimos 12 meses
2,3%
3,3%
2,5%
Acumulado do Ano
20,1%
11,9%
18,6%
Acumulado no ano
3.6%
4,3%
3,7%
Junho/21 sobre Junho/20
33,1%
15,7%
29,7%
Junho/21 sobre Maio/21 c/ ajuste sazonal
1,1%
0,5%
0,1%
Últimos doze meses
4,7%
3,8%
4,5%
Acumulado no ano (Jan-Jun/21 sobre Jan-Jun/20)
20,1%
11,9%
18,6%

Gráficos