Índice ABCR
aguarde... carregando dados para apresentação
Notícias seta
Releases e Notas
Rota do Oeste soma mais de 450 mil atendimentos em quatro anos na BR-163
20-09-2018 11:03
A cada quatro minutos uma ocorrência é registrada pela Concessionária

A cada 4 minutos, um atendimento é realizado no trecho sob concessão da BR-163, onde há quatro anos as equipes operacionais da Rota do Oeste prestam serviços de diversas naturezas aos 70 mil motoristas que percorrem a rodovia diariamente. Em média, são 310 ocorrências por dia. Os atendimentos mais frequentes são relacionados às panes veiculares, pedidos de remoções (guincho) e atendimentos médicos. As atividades tiveram início em 20 de setembro de 2014.

Desde o começo até 19 de setembro de 2018, a Concessionária contabilizou mais de 452 mil acionamentos. Os dados da Rota do Oeste apontam ainda que somente em 2018, de 1º de janeiro a 18 de setembro, a Concessionária foi acionada 81 mil vezes. Todo o serviço é custeado pelo valor arrecadado pelas praças de pedágio e as equipes podem ser acionadas por meio do 0800 065 0163.

O diretor de Operações da empresa, Fernando Milléo, avalia que a implantação do serviço na BR-163 beneficiou os usuários da rodovia, que hoje contam com um apoio permanente durante as viagens. São mais de 700 funcionários, distribuídos em 18 bases de atendimentos para prestar auxílio nos mais variados tipos de situações.

"Em quatro anos, o motorista já se acostumou a contar com a prestação desse serviço que é um dos principais benefícios oferecidos pela Rota do Oeste na BR-163. Os atendimentos operacionais englobam uma infinidade de atividades, que vão desde o atendimento a um acidente até mesmo a localização de um documento e socorro a quem está com problema no veículo", disse Milléo.

Destaques – Das mais de 452 mil ocorrências registradas em quatro anos de funcionamento, 37% são relacionadas a atendimentos de veículos que apresentaram algum tipo de pane mecânica. São mais de 169 mil ocorrências desta natureza desde 2014. Somente este ano, foram mais de 32 mil casos. Em 48% dos casos de panes, os veículos precisaram ser removidos. Ao todo, em quatro anos, foram realizadas 82 mil remoções para pontos de apoio. Destas, 39 mil ocorreram este ano.

Com relação aos atendimentos médicos, são 25 mil registros. Do total, metade dos registros é relacionada aos atendimentos clínicos, destinados a pessoas que sentem algum mal-estar na rodovia. O restante dos casos é destinado às vítimas de acidentes, sendo que em 20% das situações há feridos, 30% saem ilesas e assinam termo de recusa de atendimento.

As operações também prestam serviços como afugentamento de animais, controle de incêndios, recolhimento de objetos, entre outros.

"Diante destes números, temos segurança para afirmar que hoje é difícil pensar na BR-163 sem a Rota. Temos certeza de que os usuários viajam mais tranquilos por saberem que podem contar com a Concessionária. Este sucesso reflete o empenho dos funcionários em cada um dos atendimentos. Vale lembrar que todas essas situações já existiam antes da chegada da Concessionária. A diferença é que hoje existe um apoio", avalia Milléo.


Fonte: Rota do Oeste

Leia também
Buscar Notícias Sala de Imprensa
Por data
De:
Até: